Galo FA retoma treinos presenciais e recruta Marcelo Mattos “Pokémon”

A temporada do Galo Futebol Americano começou com treinos remotos no dia 18 de janeiro e só agora, com protocolos de segurança, o time voltou a treinar no campo sintético da Arena Pitangui II, divisa com Belo Horizonte na cidade de Contagem.

— Estamos trabalhando duro pra brigar por títulos. Já temos uma base na qual é a mesma que foi para Manaus. A única baixa do time de dezembro para essa temporada é o defensive line Breno Ribeiro. Outra baixa, mas extracampo, foi do general manager Raphael da Cruz, que saiu por conta de seus projetos pessoais. Esse cargo ainda não repomos, pois é uma peça difícil de se encontrar. Estamos em busca de algumas peças para fortalecer o elenco e estamos em uma busca incansável por um quarterback top — comentou Eddie Aragão, CEO do programa.

Mesmo em meio a pandemia e fechamento do serviço não essencial anunciado pelo prefeito ca Capital, Alexandre Kalil, os treinos não sofrerão mudanças na programação, pois, o campo onde treinam fica em Contagem.

— Temos um rigoroso protocolo, estamos seguindo à risca — acrescentou Aragão.

Os treinos do Galo serão todas as terças, quartas, quintas e dois sábados por mês.

— Temos uma comissão técnica experiente com um mexicano e dois americanos. O mexicano Joaquin Juarez Jr. já está no Brasil e é o atual head coach. Os outros dois americanos vão depender do cenário da pandemia, mas se não piorar, chegam em abril — esclareceu.

Destaque no rival América Locomotiva, Mattos ingressa o corpo de receivers do Galo FA. 

Galo recrutou Marcelo Mattos, wide receiver revelado pelo América Locomotiva. Também conhecido pela alcunha Pokémon, o motivo foi por ter subido do varsity para o roster principal do programa com 17 anos. Entrou no então Minas Locomotiva Júnior em 2016, subiu logo para o time de elite no mesmo ano, no segundo semestre de 2017 foi jogar e estudar na Canada Prep Academy. Em 2018, retornou ao Brasil atuando como wideout no América Locomotiva na temporada que foram para os playoffs nacionais, registrando 10 touchdowns e 961 jardas. Foi o melhor jogador do time na temporada.

 

Foto de capa: Elvis D’Paula – Click & Sound

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *