AMAFAM apoia o 1º Curso Nacional de Formação de Árbitros de Futebol Americano que começa em março

De olho na renovação do quadro de arbitragem e aumento no número de árbitros da modalidade pelo Brasil, a partir de 6 de março – e com aulas sempre aos sábados – começa o 1º Curso Nacional de Formação de Árbitros de Futebol Americano, realizado por Giane Pessoa (SC), Guilherme Cohen (RJ) e Marcus Gomes (DF). Serão dez aulas através do Zoom na plataforma da Sympla e todos os 21 estados que compõem a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol Americano do Brasil (ANAFAB) vão validar a certificação como sua formação de árbitros em 2021.

A AMAFAM apoia o curso e avalia que veio em uma hora muito adequada para o planejamento dos próximos meses. De forma coletiva, a AMAFAM comentou que ano passado, apesar de não ter jogos, os árbitros nunca deixaram de estudar, movimentando estudos em lives nas redes sociais e também através de outras plataformas. A pandemia também trouxe baixas no quadro com árbitros mineiros enfrentando problemas pessoais, financeiros e mudanças drásticas por conta do caos que se instalou. Mas esperam que por meio deste curso, possam iniciar treinamento de novos árbitros.

AMAFAM tem grande expectativa de ter um número considerável de mineiros inscritos no curso e que seja de bom proveito para iniciar a capacitação de novos árbitros em Minas Gerais.

Aumentar esse quadro de arbitragem será fundamental para AMAFAM, pois Minas tem demandado bastante jogos, sejam competições estaduais ou nacionais realizados em solo mineiro. AMAFAM salienta que quer estar preparada para quando voltarem as competições e poder atender essa demanda com qualidade. O curso veio para ajudar muito e será ministrado por pessoas que conhecem bem sobre arbitragem. Inclusive os árbitros filiados a AMAFAM vão fazer esse curso com intuito de reciclagem e manter o nível de evolução.

O curso pretende trazer pessoas que já tenham algum conhecimento do funcionamento de um jogo de futebol americano para que sejam aprimorados os conhecimentos de regra e assim integrem a equipe de arbitragem de sua região.

Para Guilherme Cohen, um dos idealizadores do projeto, a intenção é transformar pessoas que conheçam o jogo e tenham vontade em árbitros que possam colaborar com a arbitragem, já que algumas praças tiveram redução no quadro:

“Algumas associações perderam integrantes por causa da pandemia e, quando o futebol americano voltar em sua capacidade total, queremos que todos os locais tenham árbitros com condições de colaborar desde o primeiro momento.”, avaliou.

O plano de ensino do curso tem aulas sobre regras em todas as situações de jogo, mecânicas de arbitragem e comportamento tanto dentro, como fora de campo. Serão 24 horas de conteúdo em aula, além de material auxiliar como podcasts, testes e vídeos.

No projeto estão Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Os árbitros formados no curso terão o aval dos estados acima para atuar já em 2021 e os diretores de arbitragem locais receberão um feedback sobre o desenvolvimento e aptidão de cada aluno.

Importante ressaltar que após a conclusão do curso, o candidato será submetido às condições de inclusão ao quadro de arbitragem do seu estado de residência, como solicitado em conformidade com a Associação Nacional de Árbitros de Futebol Americano do Brasil (ANAFAB).

 

Serviço:

1º Curso Nacional de Formação de Árbitros de Futebol Americano

Quando: a partir de 6 de março, aos sábados, de 13h às 15h.

Investimento: R$ 129,90

10% de desconto usando o cupom CBFAMaisForte.  

Inscrições e mais informações em:  http://bit.ly/3jfC6i5

site: http://arbitrosfabr.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/arbitrosfabr/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *