Juiz de Fora Imperadores traça metas de curto e longo prazo

O ano de 2017 foi bem agitado para o time juiz-forano. Desde o anúncio da fusão entre Mamutes e Red Fox, dois tradicionais times da cidade, o novo Império enfrentou grandes batalhas e conquistou vitórias e títulos até sua ascensão à elite do futebol americano nacional.

A primeira partida da equipe após fusão, em abril de 2017, foi contra o atual campeão nacional Sada Cruzeiro na abertura da Copa Minas em um grande palco, na Arena Independência. Na época, ambas as equipes estavam recheadas de reforços de alto nível e fizeram uma grande partida. O jogo terminou em 26 x 08 para o time belorizontino.

Em apenas 8 meses (desde que entrou em campo pela primeira vez em abril até o último jogo em novembro de 2017) a equipe teve uma grande campanha de 9-3, perdeu 2 jogos contra o Sada Cruzeiro (abertura e final da Copa Minas) e o jogo da semifinal da Liga Nacional contra Jaraguá Breakers em Santa Catarina. Com 4 jogos pela Copa Minas e 7 jogos na Liga Nacional, a agenda do time foi bem concentrada. O time comemorou logo na estreia o vice-campeonato estadual e o título da Conferência Sudeste pela Liga Nacional, conquistando a vaga para a BFA, o principal torneio de futebol americano do Brasil.

Histórico: Temporada 2017

1º jogo JF Imperadores 08 x 26 Sada Cruzeiro

2º jogo JF Imperadores 60 x 06 Betim Bulldogs

3º jogo JF Imperadores 87 x 06 Paraíso Miners

4º jogo JF Imperadores 00 x 57 Sada Cruzeiro

5º jogo JF Imperadores 19 x 03 Ocelots FA

6º jogo JF Imperadores 27 x 20 Macaé Oilers

7º jogo JF Imperadores 38 x 07 Palmeiras Locomotives

8º jogo JF Imperadores 32 x 00 Betim Bulldogs

9º jogo JF Imperadores 27 x 07 Macaé Oilers

10º jogo JF Imperadores 42 x 34 Ponte Preta Gorilas

11º jogo JF Imperadores 14 x 21 Jaraguá Breakers

Esse ano o estadual mineiro conta com 10 equipes participantes, um número recorde. Não somente isso, mas conta com 3 equipes da BFA (América Locomotiva, Sada Cruzeiro e o próprio Juiz de Fora Imperadores), sendo o estadual com maior nível técnico da história.

Vários reforços que atuaram na temporada voltaram para os seus times ou foram para outras equipes:

QB Murilo Barbosa -> Vasco Patriotas

DB Celso Fiorani -> Vasco Patriotas

LB Magnum Nascimento -> Espírito Santo Black Knights

RB Richard Monequi -> Tritões

K/P Pedro Henrique -> Tritões

WR Arthur Barcelos -> T-Rex

LB JC Pimenta -> América Locomotiva

O principal QB da temporada, o americano KC Frost, também deixou a equipe em 2018, mas ainda não fechou com nenhum outro time até o momento, o mesmo com os jogadores: LB Pedro Augusto, OT Ítalo Mingoni, OG Rafael Faria e o RB Matheus Mini que foi destaque do ataque.

Diante disso, a Diretoria do time vem trabalhando para fechar novos reforços para temporada. A princípio estão negociando um head coach estrangeiro para elevar ainda mais o nível técnico não somente dos jogadores mas também da atual comissão técnica. No momento a Diretoria negocia instantaneamente com pelo menos 4 nomes para assumir o cargo de HC. Além do HC, também negociam 2 jogadores estrangeiros. Os treinos já foram retomados, e a primeira oportunidade de ajustar o time e entrosar o elenco será no estadual mineiro que tem previsão de início em meados de março. A meta de curto prazo é fazer uma boa campanha no campeonato mineiro ganhando mais experiência para que no segundo semestre consiga estabilidade na BFA. Consolidando a equipe, a meta para 2019 é o título estadual e chegar nos playoffs da BFA.

A Diretoria trabalha intensamente em busca de investidores para trazer esses 3 estrangeiros. O plano é que os 3 morem em Juiz de Fora pelo menos 2 anos para fortalecer o time de base passando seus conhecimentos técnicos aos jogadores locais.

Faltando quase um mês para o início da temporada, os treinos se intensificam, e a Diretoria a todo vapor. O que será que o Império irá nos mostrar nesse ano? Aguardamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *