Bulldogs derrota Imperadores e se classifica para os playoffs do Mineiro

A história do confronto entre Betim Bulldogs e Juiz de Fora Imperadores é antiga, o primeiro jogo, um amistoso, aconteceu em dezembro de 2016, época em que o time da Zona da Mata se chamava Mamutes, e o Juiz de Fora venceu. No jogo de volta em Betim, em fevereiro de 2017, o Bulldogs venceu. Os outros dois confrontos aconteceram ainda em 2017 e o Juiz de Fora, já como Imperadores, venceu ambas.

O quinto confronto entre as equipes aconteceu nesse domingo, 31 de março, e o Betim Bulldogs venceu por 16 a 6.

A partida começou bastante equilibrada, nos erros e acertos. Liderados pelo promissor quarterback Erick de Paula, o Betim Bulldogs abriu o placar após o wide receiver Charles receber um belo passe e percorrer cerca de 70 jardas. Extra point não convertido.

O Juiz de Fora Imperadores não se abateu e foi para cima. Com boas corridas do running back Rafael Rufino, passes certeiros e alguns erros do adversário, o Imperadores chegou na end zone com um QB sneak do Luís Henrique. Extra point não convertido.

As duas equipes cometeram muitas faltas e os erros eram frequentes, muitos drops dos recebedores e dos defensive backs, que poderiam ter interceptados os quarterbacks uma dúzia de vezes. Próximo do fim do segundo quarto, o Bulldogs conseguiu bons avanços  e o kicker Patrick acertou o field goal.

Alguns drives depois, o jogador Giuliano do Bulldogs se lesionou e a ambulância precisou se ausentar, paralisando a partida por cerca de 90 minutos. Após o retorno da ambulância, o Betim não conseguia aproveitar as boas posições de campo e o Imperadores estava com os ânimos alterados. No início do primeiro quarto, o linebacker Josué foi ejetado da partida e o running back Rafael Rufino, após discutir dentro de campo, fez gestos obscenos para a torcida, ato que não foi visto pelos árbitros.

O Imperadores tentou a virada com o jogo aéreo, mas Luís Henrique foi interceptado pelo defensive back Guigo, que chegou a sua terceira interceptação na temporada. Pouco tempo depois, Erick voltou a soltar o braço e encontrou o wide receiver Samuel, que anotou seu segundo touchdown na competição.

Com pouco tempo no relógio, o Imperadores trocou de quarterback, que conseguiu bons avanços, mas foi interceptado pelo defensive back Vitão. O Bulldogs ajoelhou duas vezes e conquistou a classificação para os playoffs.

Foto: Tiago Munden

One thought on “Bulldogs derrota Imperadores e se classifica para os playoffs do Mineiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *